Como fazer o Balanço Patrimonial


Se você tem um Negócio com certeza está ciente de que é necessário você fazer uma análise bem detalhada de armazenagem, estoque, custos, quantia de vendas e lucros e o setor responsável em fazer essa análise e calculo é o Contábil.

Mas se você é um empresário atento e gostaria de estar realmente por dentro da situação em que sua empresa se encontra é necessário saber analisar e fazer um Balanço Patrimonial!

E iremos explanar mais sobre isso no decorrer deste artigo.

balanço patrimonial, DRE

Como fazer um Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial é inerente a todos as empresas pois se trata de um documento obrigatório, que está previsto no código civil brasileiro e deve ser feito anualmente!

Ele é importante porque é um dos modos de se fazer a retirada de lucros e distribuição entre os sócios.

O meu primeiro contato com um balanço patrimonial foi na Faculdade na aula de Administração e  Contabilidade, ambas com o Professor Euclides Reame Junior.

Existem muitas pessoas que possuem dúvidas e acham que o Balanço Patrimonial (BP) e o Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE) são as mesmas coisas, mas o que ambos compõem possuem algumas variáveis diferentes mesmo ambos sendo obrigatórios e anuais.

Diferença entre DRE E BP

O DRE mostra de modo mais conciso os custos para saber ao final qual foi o lucro e prejuízo que a empresa sofreu naquele dado ano.

O Balanço Patrimonial já visa a situação da empresa e possui uma análise mais detalhada dos ativos e passivos da empresa, para identificar o Patrimônio Líquido que é nada menos que :

ATIVO – PASSIVO = PATRIMÔNIO LÍQUIDO (+)

Visando um resultado (+) pois se der (-) a empresa está com prejuízo.

Quais os Elementos de um Balanço Patrimonial

Ativos

Estão subdivididos do seguinte modo:

Ativo Circulante: valor em caixa disponível, conta bancária, estoque e em contas a receber a curto prazo. Esse seria o dinheiro disposto para a movimentação.

Ativo não circulante: são valores não movimentados no curto prazo,  investimentos com retorno de longo prazo e contas que tem contas a receber.

Ativo imobilizado: nesse ativos encontram-se os bens como carro, imóveis, equipamentos e etc.

Ativo intangível: bens não tocáveis como softwares.

Passivos

Os passivos se referem aos investimentos obrigatórios que ao fim são somados ao patrimônio liquido.

Sendo esses divididos em:

Passivo circulante: são os valores movimentados com frequência e no curto prazo com obrigações como salários, impostos, contas a pagar, fornecedores e provisões de outras obrigações para o mesmo prazo;

Passivo não circulante: se referem a dívidas de curto prazo, como contas a pagar em anos seguintes.

E o resultados de ambos juntos se resulta no Patrimônio Líquido.

Esse é um balanço patrimonial! Caso tenha dúvida sobre como fazer basta falar com seu contador e pedir um modelo para que também possa calcular.

 

 

 

 

 

 

Obrigada, volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s